30/12/13

"CONVERSAS DOS AVÓS” Antigamente, nas descamisadas…


A LaMASE (Liga dos Amigos do Museu de Arte Sacra e Etnologia) realizará no dia 11 de janeiro de 2014, sábado, mais uma edição das "CONVERSAS DOS AVÓS” que pretende trazer o público sénior ao museu para participar num momento de tertúlia e partilhar com outras gerações as suas recordações.

A sessão terá início às 14h00 nas instalações MASE e terá como tema de conversa «Antigamente, nas descamisadas…». Na sessão projetar-se-ão as fotos e vídeo de uma parceria da LaMASE e da Academia dos Esfaguntados realizada em agosto passado onde se recriou uma “Descamisada à moda antiga” no lugar de Boleiros. A música também não irá faltar neste convívio.

04/12/13

PRESÉPIOS DE LUÍS ALENQUER - Exposição temporária



Esta mostra, que expõe 28 presépios do artista Luís Alenquer, concebidos na sua maioria em xisto, madeira e metal, resulta de uma parceria entre a LaMASE (Liga dos Amigos do MASE) e o MASE.


Visitas guiadas para grupos através de marcação prévia (Telef. 249 539 470).

02/12/13

MASE nA TV CANÇÃO NOVA!


Hoje à noite, 3 de dezembro, na TV Canção Nova, pelas 21h00, o MASE irá estar em destaque no programa «MÃOS UNIDAS» em direto!

Gonçalo Cardoso, diretor deste espaço museológico dos Missionários da Consolata, irá falar da sua importância e atividades para a Missão.

Não perca!

29/11/13

MASE NA RÁDIO RENASCENÇA


No próximo domingo, dia 1 de dezembro, o diretor do MASE, Gonçalo Cardoso, estará no programa "DEUS PRESENTE" da Rádio Renascença para uma entrevista com o jornalista Óscar Daniel a propósito do seu percurso profissional e do MASE.

Não perca! RR - 10h00 às 11h00.

27/11/13

CURSO LIVRE "ICONOGRAFIA CRISTÃ" CHEGOU AO FIM!


E foi com uma visita noturna à Basílica da Santíssima Trindade que terminou o curso livre do MASE "Iconografia Cristã" orientado pelo Doutor Marco Daniel Duarte. Seguiu-se depois um delicioso jantar-convívio no HOTEL PAX.

Trinta e seis inscritos sempre assíduos, pontuais e interessados desde a primeira até à nona sessão!

Estejam atentos ao próximo curso! Até breve.

04/11/13

Museu de Arte Sacra e Etnologia com Certificação internacional de qualidade


 
Decorreu no Convento de Cristo, em Tomar, hoje, dia 1 de novembro, a Cerimónia Internacional HERITY, para a atribuição do prémio de certificação de qualidade a 26 bens culturais do Médio Tejo

A cerimónia contou com a presença do Presidente da CCDRC, Pedro Saraiva, do Presidente da Entidade Regional do Turismo do Centro, Pedro Machado, o representante da Secretaria de Estado da Cultura, e os 13 presidentes das Câmaras Municipais que integram a Comunidade Intermunicipal Médio Tejo, juntamente com os representantes dos 26 bens culturais, contemplados com a certificação HERITY. Maurizio Quagliuolo, Secretário Geral da Herity Internaconal explicou e justificou os níveis obtidos por cada um dos bens culturais.

Do Concelho de Ourém foram contemplados dois bens culturais de grande qualidade:o Museu de Arte Sacra e Etnologia (MASE), propriedade dos Missionários da Consolata, e o Castelo de Ourém. Recebeu o prémio da Certificação de qualidade o seu diretor, Gonçalo Cardoso, sendo o Instituto da Consolata representado pelo padre Darci Vilarinho, diretor da revista Fátima Missionária. Estiveram presentes o presidente da Câmara Municipal de Ourém, Paulo Fonseca, e o presidente da Junta de Freguesia de Fátima, Humberto Figueira da Silva.

Para atribuição da Certificação de Qualidade foram tomados em consideração quatro critérios de avaliação: a Relevância, isto é, o interesse cultural, a Conservação, a Comunicação e os Serviços. Dentro dos níveis de classificação de 1 a 5, o MASE obteve o nível 4 em Relevância, 4 em Conservação, 3 em Serviços e 3 Comunicação.

Era patente no seu diretor, Gonçalo Cardoso, a satisfação pelos altos níveis obtidos. A classificação é válida para os anos 2014-2016. Depois será feita nova avaliação da qualidade atingida. A Certificação Internacional Herity estará patente ao público na receção do MASE.

IN Fátima Missionária Online - Texto Darci Vilarinho | Foto JFF | 01/11/2013 | 18:11





30/10/13

MASE RECEBE CERTIFICAÇÃO INTERNACIONAL


O Museu de Arte Sacra e Etnologia será um dos 26 bens culturais do Médio Tejo a obter a certificação internacional do HERITY. 

No âmbito do Projeto Intermunicipal “Afirmação Territorial do Médio Tejo” da Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo, e no sentido de promover uma gestão patrimonial de qualidade, terá lugar a certificação internacional de 26 bens culturais desta comunidade. Foram propostos pelo município de Ourém a certificação do Castelo de Ourém e do Museu de Arte Sacra e Etnologia, em Fátima.

Esta certificação será efetuada pela entidade internacional Herity, uma organização mundial, criada em 2002, com sede em Roma, reconhecida pela UNESCO para a avaliação e certificação da qualidade na gestão do património cultural. 

Este processo de avaliação e de certificação inclui: uma análise rigorosa da gestão patrimonial e do valor cultural dos sítios (VALOR/RELEVÂNCIA); da conservação destes (CONSERVAÇÃO), das informações transmitidas ao público (COMUNICAÇÃO); e da qualidade dos serviços prestados (SERVIÇOS), os quatro aspetos fundamentais da gestão patrimonial. 

Desta forma, o Médio Tejo será uma das três regiões do mundo, a par de Lazio e do norte do Brasil, com o reconhecimento da certificação da Herity. Esta ação contribuirá para uma melhor qualidade da gestão do património, pretendendo-se no futuro criar uma rota que possa ligar os vários bens certificados, contribuindo para o reforço da notoriedade da região, bem como para a valorização dos principais recursos turísticos. 

A  cerimónia Internacional realizar-se-á no Convento de Cristo, em Tomar, no dia 01 de novembro próximo, no período entre as 10h00 e as 13h30.

15/10/13

18 de Outubro - Dia dos Bens Culturais da Igreja



Para assinalar o Dia dos Bens Culturais da Igreja, 18 de outubro,  irá oferecer nesse dia aos seus visitantes várias ofertas-surpresa.  Apareça!

13/10/13

INSCRIÇÕES ATÉ 29 DE OUTUBRO. INSCREVA-SE JÁ!


A relação escola e museu através da educação artística
Ação de formação

Para que serve a arte? Qual é o poder da arte? De que forma pode o museu auxiliar-nos na nossa formação? Porque vão os públicos aos museus? Que desafios colocam os museus nos tempos contemporâneos? Através da visualização de objetos da coleção do museu, iremos refletir sobre como a arte parece provir de um espaço entre o artista e o mundo. Nesse espaço critico, o artista propõe uma narrativa sobre si e sobre o mundo, criando novas linguagens e novas possibilidades de interpretação.

Destinatários: Docentes (ação acreditada pelo Centro de Formação “Os Templários”); Estudantes; investigadores; museólogos; artistas; conservadores.

Modalidade: Oficina (15H + 15h) |Créditos: 1,2

Calendário: 31 de outubro 2013, quinta-feira – 18h30-20h30 (2h); 9 de novembro 2013, sábado – 10h00-13h00 (3h); 23 de novembro 2013, sábado – 10h00-13h00 (3h); 11 de janeiro 2014, sábado – 10h00-13h00 (3h); 1 de fevereiro 2014, sábado – 09h00-13h00 (4h).

Local da Realização: Fátima – Museu de Arte Sacra e Etnologia
Preço por Formando: €45.00
Formadora: Genoveva Oliveira
 
DESCARREGUE PROGRAMA AQUI
 
INSCRIÇÕES ONLINE
http://cftemplarios.com/

Os Templários – Centro de Formação
Tel/Fax: 249 323 188 | E. mail direcao@cftemplarios.com

12/09/13

Curso Livre “Arte e Iconografia Cristã” - INSCRIÇÕES ENCERRADAS!



O Museu de Arte Sacra e Etnologia irá promover de 8 de outubro a 26 de novembro o Curso Livre “Arte e Iconografia Cristã”. 

 O curso está organizado em oito sessões, a decorrer às terças-feiras das 18h30 às 20h00 nas instalações do MASE. Através de uma viagem pelos mais importantes momentos da História da Arte, os conteúdos estruturam-se em ordem ao entendimento da relação umbilical que a História demonstra sempre ter existido entre Arte e Cristianismo.  

Lecionado por Marco Daniel Duarte, doutorado em História da Arte pela Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra, tem desenvolvido os seus estudos no âmbito do saber da Iconografia e da Iconologia, áreas sobremodo ligadas à arte sacra antiga e contemporânea.  

Este curso encontra-se aberto a todos os que se interessam por esta área, independentemente da sua formação profissional.           

A data limite de inscrição é 3 de outubro.
Sócios da Liga dos Amigos do MASE - €35,00
Não sócios - €40,00
Data limite de inscrição: 3 de outubro

Para consultar programa clique AQUI

30/08/13

Recriação de uma «Escamisada» em Fátima


No próximo sábado, dia 31 de agosto, realizar-se-á em Boleiros, Fátima, uma “Escamisada à moda antiga”. Designada de escamisada, descamisada, desfolhada, esfolhada, consoante a região, esta ação consiste em despir a maçaroca do milho. 
 
Recriando ambientes de outrora, esta atividade foi já promovida em 2007 com grande êxito pela Academia dos Esfaguntados no âmbito das Comemorações dos 400 Anos do Culto a Santa Bárbara, juntando-se este ano a La-Mase (Liga dos Amigos do Museu de Arte Sacra e Etnologia).
 
Na Eira do Outeiro, pelas 12h00 abrirá a Taberna da Eira com petiscos variados, apontamentos musicais, culturais e etnográficos. Pelas 19h00 assistir-se-á à chegada do milho e mediante inscrição no local haverá " Merenda na Eira”. A “escamisada” está marcada para as 21h30.
 
Uma iniciativa a não perder!

14/06/13

NEVES DIZ PESSOA



A Liga dos Amigos do Museu de Arte Sacra e Etnologia (LAMASE) irá promover no dia 28 de junho, sexta-feira, pelas 21h30, no Auditório do Centro Missionário Allamano (Missionários da Consolata) em Fátima, um serão de poesia e música intitulado «Neves diz Pessoa».
 
O professor e poeta fatimense irá declamar vários poemas de Fernando Pessoa, existindo também vários momentos musicais a cargo da cantora Marlene Carvalho e dos guitarristas Nuno Martins e Paulo Marques.  
 
No final haverá um momento de convívio que inclui a degustação de um delicioso caldo verde e café da avó. 
 
O valor da entrada é de €3,00, sendo gratuito para os sócios da Liga. Venda de bilhetes e reservas no Museu de Arte Sacra e Etnologia (telefone 249 539 470). Os sócios terão também de reservar bilhetes.


05/06/13

«Sentir, Pensar e Criar...»


Encontra-se patente ao público no MASE a exposição temporária «Sentir, Pensar e Criar...». 

Inaugurada no passado dia 18 de maio, no âmbito das comemorações do Dia Internacional dos Museus, esta exposição resulta de uma parceria entre o MASE, LA-MASE (Liga dos Amigos do MASE), Centro de Estudos de Fátima, Colégio de São Miguel e Colégio do Sagrado Coração de Maria.  

Inspirados nos objetos artísticos e etnográficos das coleções do museu ou em pinturas de artistas de renome, os alunos deram asas à imaginação e recriaram artisticamente esses mesmos objetos através de pinturas, esculturas, textos literários, entre outras expressões artísticas.  

Estará patente neste museu dos Missionários da Consolata até ao dia 29 de setembro das 10h00 às 19h00. Encerra à segunda-feira.

Aguardamos a sua visita!

14/05/13

18 DE MAIO




A Liga dos Amigos do Museu de Arte Sacra e Etnologia (LaMASE) promoverá no dia 18 de maio, sábado, no museu dos Missionários da Consolata, em Fátima, diversas iniciativas no âmbito das celebrações do Dia Internacional dos Museus e da Noite dos Museus.

Para o Dia Internacional dos Museus, cujo tema proposto pelo ICOM - Conselho Internacional dos Museus é “Memórias + Criatividade = Mudança Social”, será inaugurada às 16h00 a exposição temporária «Sentir, Pensar e Criar...». Esta exposição resulta de uma parceria entre o MASE, LA-MASE, Centro de Estudos de Fátima, Colégio de São Miguel e Colégio do Sagrado Coração de Maria. Inspirados nos objetos artísticos e etnográficos das coleções do museu, os alunos deram asas à imaginação e recriaram artisticamente esses mesmos objetos através de pinturas, esculturas, textos literários, entre outras expressões artísticas. Na inauguração surgirão diversos momentos musicais e algumas performances.

Pela noite, chega a vez do Museu se juntar à iniciativa europeia de grande sucesso que é a “Noite dos Museus”. Vários museus da Europa estarão de portas abertas à noite com diversas iniciativas. O MASE terá à disposição dos que o visitam duas sessões à luz da lanterna nos espaços expositivos compostas por várias dramatizações de textos literários pelos alunos. A primeira sessão está marcada para as 21h35 e a segunda para as 23h05. Cada sessão está reservada a 30 pessoas (ordem de chegada).

A entrada é livre e além disso os visitantes receberão a oferta do Cartão de Desconto de 20% de entrada no Museu para uma próxima visita. Ao longo do ano há sempre um bom motivo para regressar: exposições temporárias, concertos, animações, conferências, cursos, etc.

26/04/13

DIA DA MÃE NO MASE!




Para assinalar o Dia da Mãe, no próximo domingo, 5 de maio, o MASE vai oferecer entradas gratuitas a todas as mães que visitem o museu acompanhadas dos seus respetivos filhos. Além disso, receberão ainda uma pequena lembrança.

Ao longo da visita à exposição permanente do museu, os visitantes encontrarão várias imagens invocativas à maternidade de Maria, como por exemplo a Nossa Senhora do Leite, estando Maria representada a amamentar o seu Filho. Além disso esta é a última oportunidade de se visitar a bem sucedida exposição temporária “Damas de carvão” que retrata a vida das carvoeiras da Costa do Marfim.

Horário: 10h00-19h00.

19/03/13

«Carvoeiras| duas realidades»| Mesa-Redonda



Inserida no âmbito da exposição fotográfica «Damas de Carvão», patente ao público em Fátima no Museu de Arte Sacra e Etnologia, realizar-se-á pelas 21h30 do próximo dia 5 de abril uma Mesa Redonda intitulada «Carvoeiras| duas realidades».

Nesta iniciativa conhecer-se-ão duas experiências respeitantes à produção de carvão vegetal: Costa do Marfim (San Pedro) e Portugal (Marinha Grande). A primeira, relacionada com a temática da exposição, aborda as carvoarias de San Pedro, onde dezenas de mulheres trabalham, todos os dias, na produção de carvão vegetal para vender como forma de autossubsistência. Já em Portugal, conhecer-se-á o trabalho das carvoeiras de Pilado, Marinha Grande, uma realidade desconhecida por muitos, tendo sido uma atividade explorada durante várias décadas pelas mãos femininas que recorriam ao Pinhal de Leiria para obterem a matéria-prima. Ainda hoje existem carvoeiras que fornecem carvão a particulares e a restaurantes, sendo elogiada a qualidade deste carvão.

Foram convidados para esta Mesa-Redonda, Ana Paula Ribeiro, fotojornalista e autora das fotografias em exposição, o padre Luís Maurício Guevara, missionário da Consolata que visitou as carvoarias de San Pedro (Costa do Marfim) e Paula Lemos, docente com uma dissertação de mestrado em Estudos Portugueses – Culturas regionais Portuguesas, assentando a sua investigação nas carvoarias da aldeia de Pilado (Marinha Grande). O diretor do museu, Gonçalo Cardoso, será o moderador da mesa.

A participação é livre, não sendo necessária inscrição prévia.

12/03/13

MANKALA - o jogo das pedras



Por ocasião das férias da Páscoa, o Museu de Arte Sacra e Etnologia irá promover uma oficina de aprendizagem do tradicional jogo africano “Mankala – O jogo das pedras”.

O Mankala é um jogo africano de tabuleiro e é um dos mais antigos entretenimentos que se conhecem. É preciso ser bom em cálculo para jogar bem este jogo e tirar dele o maior partido. É, no entanto, muito fácil de aprender e, em África, é frequente ver crianças de tenra idade a disputarem a sua perícia neste jogo, utilizando a maior parte das vezes covas na terra como um tabuleiro e pedras, conchas ou sementes como peças.

A iniciativa destina-se a grupos de todas as idades com o mínimo de 10 participantes e o máximo de 20 participantes. Tem a duração prevista de 90 minutos e inclui um percurso pela sala de Etnologia através de guiões de visita, contextualizando geográfica e historicamente o “Mankala”.

Tarifas: Geral - €2.50 | Estudantes e seniores - €1.50;

Marcação obrigatória através do telefone número 249 539 470 ou do e-mail museuartesacra@consolata.pt.

28/02/13

QUEM NOS QUER ADOTAR?


O concurso escolar «A minha escola adota um museu, um palácio, um monumento...» é uma iniciativa dirigida a alunos dos ensinos básico e secundário, promovida conjuntamente pela Direção-Geral da Educação (DGE), no âmbito do Programa de Educação Estética e Artística, e pela Direção-Geral do Património Cultural (DGPC).

O objectivo desta iniciativa é estimular o conhecimento da realidade museológica e patrimonial nacional, através do contacto das escolas com os museus e consequente sensibilização para a conservação, proteção e valorização do património cultural.

Considerando que o conhecimento do património cultural constitui uma importante experiência educativa, facilitadora da integração das crianças e dos jovens na comunidade, torna-se pertinente proporcionar às escolas e aos museus uma oportunidade de desenvolverem ou de reforçarem a cooperação neste domínio.

O concurso escolar “A minha escola adota um museu, um palácio, um monumento...” consiste na elaboração de trabalhos criativos a partir de testemunhos dos Museus e Palácios que integram a Rede Portuguesa de Museus ou dos Monumentos tutelados pela DGPC.

Os trabalhos premiados apresentados a concurso serão objeto de avaliação por um júri e de apresentação final em exposição num museu ou palácio que integre a Rede Portuguesa de Museus ou num monumento tutelado pela DGPC.

A Entrega dos trabalhos (portefólios contendo os trabalhos para apreciação) deverão ocorrer nos museus, palácios ou monumentos com os quais se colaborou até ao dia 17 de maio de 2013.

Primeira fase de avaliação dos trabalhos será efetuada pelos serviços educativos dos museus, palácios ou monumentos e decorrerá entre os dias 20 de maio a 23 de maio.

A avaliação dos trabalhos pelo Júri Nacional decorrerá entre os dias 27 e 31 de maio de 2013 sendo que a divulgação dos resultados decorrerá entre os dias 31 de maio e 3 de junho de 2013 nos sítios da internet da DGE e da DGPC.

A Entrega de Prémios e Exposição dos Trabalhos Premiados decorrerá num museu ou palácio que integre a Rede Portuguesa de Museus ou num monumento tutelado pela DGPC, a indicar, no dia 6 de junho de 2013.

INFORMAÇÕES: Graça Mendes Pinto (gmendespinto@dgpc.pt) telf. 213 650 858)

25/02/13

O desafio do outro: diálogos pós-coloniais - Curso – Livre


Decorrerá no MASE, no dia 6 de abril, sábado, o curso Livre “O desafio do outro: diálogos pós-coloniais”. Esta iniciativa resulta de uma parceria entre o MASE, o Centro de Património da Estremadura e o Museu Municipal de Ourém.

O pós-colonialismo surge como um meio de refletir e desconstruir os efeitos da colonização e as novas formas de dominação. Mas como se combatem todas estas formas de opressão? Através da educação, da arte e das práticas de cidadania, da reflexão crítica sobre as ideias da opressão e do autoritarismo colonial. Cada educador precisa de estar consciente do contexto político em que está inserido de modo a poder fazer a clara definição de seu papel.

Partindo do espaço museológico onde a formação decorre e das coleções etnográficas africana, asiática e da américa do sul, realizar-se-á uma análise crítica sobre as diferentes práticas dos serviços educativos, como se pode trabalhar com diferentes públicos numa análise de desconstrução pós-colonial.

Tendo como público-alvo técnicos de museus e de instituições culturais, curadores, docentes, artistas e estudantes universitários, serão debatidos temas que vão desde a reflexão sobre o Pós- colonialismo: literatura e arte contemporânea, até à coleção etnográfica de África, América do Sul e Ásia do MASE e o museu como uma ferramenta de prática e mediação social.

O curso decorrerá das 10h00 às 13h00 e das 14h00 às 17h00, terá como formadora Genoveva Oliveira, licenciada em História e Ciências Sociais, Mestre em História Regional e Local (Vertente de História de Arte/Museologia) e com Doutoramento em Historia de Arte/Museologia. Defende os princípios da curadoria de ação e práticas curatoriais feministas. Desenvolve neste momento um projeto de investigação sobre questões de género a partir da obra de Judy Chicago e Paula Rego, envolvendo o Museu Casa das Historias e a Universidade da Penn State. Criou o projeto “No Silence: práticas curatoriais feministas” que tem vindo a desenvolver palestras, exposições de arte contemporânea e workshops no país, refletindo sobre as questões de género, a presença da mulher na arte, os conceitos de equilíbrio/igualdade na sociedade e o sexismo na sociedade contemporânea. Tem experiência em organização de eventos, exposições, congressos, cursos de arte, desde os anos 90. Tem experiência em ensino secundário e superior, em instituições portuguesas e estrangeiras e o seu trabalho já foi desenvolvido em diversos países: E.U.A., Espanha, Austrália, Tailândia, Rússia, Finlândia, Hungria, Suécia.

A data limite de inscrição é 28 de março, estando limitado a 30 vagas.

INSCRIÇÕES ONLINE CLIQUE AQUI

DESCARREGUE O DESDOBRÁVEL AQUI

22/02/13

DAMAS DE CARVÃO - Exposição de fotografia


Abriu ao público no MASE a exposição temporária de fotografia «Damas de Carvão».

A exposição está inserida no projeto anual para a Costa do Marfim que a Consolata apadrinhou e propõe aos seus amigos e benfeitores para 2013. É composta por 23 trabalhos da fotojornalista Ana Paula Ribeiro, da revista Fátima Missionária, aquando a sua deslocação à Costa do Marfim.

Além de Ana Paula, também o padre missionário da Consolata, Luís Maurício Guevara, e Daniel Ferreira, designer gráfico, estiveram 15 dias na Costa do Marfim, onde percorreram dois mil quilómetros, guiados por Pietro Villa, sacerdote missionário da Consolata italiano.

Visitaram as carvoarias de San Pedro onde dezenas de mulheres trabalham, todos os dias, na produção de carvão vegetal. Com os desperdícios de uma serração, fazem montes de pedaços de madeira e serradura, calcam com as mãos e deixam arder durante uma semana. Separam depois o carvão da cinza, que embalam em sacos de plástico para vender. 

A cidade de San Pedro fica no sul da Costa do Marfim, onde desembarcou, na última metade do século XV, o explorador português Soeiro da Costa. À diocese de San Pedro chegaram, em 1996, os primeiros missionários da Consolata. 

Com uma área de 322.463 quilómetros quadrados, a Costa do Marfim, ex-colónia francesa, tem mais de 20 milhões de habitantes. Cerca de 40 por cento são estrangeiros, oriundos dos países vizinhos, a maioria do Burkina Faso e do Mali. 

Os Missionários da Consolata, presentes em 24 países de quatro continentes, prestam com esta exposição uma homenagem a todos os homens e mulheres que, no seu dia-a-dia e em situações limite, não deixam de colorir a vida com um sorriso de esperança.  

Pode ser visitada diariamente, das 10h00 às 17h00, exceto à segunda-feira, até 31 de março.

25/01/13

TURISMO EM FÁTIMA - Mesa Redonda


A LA-MASE (Liga dos Amigos do Museu de Arte Sacra e Etnologia) promoveu nas instalações do Museu, no passado dia 25 de janeiro, uma “Mesa Redonda” subordinada ao tema “Turismo em Fátima”.

Num ambiente intimista, Francisco Vieira, diretor da Insignare, António Nabais, museólogo, Jorge Heleno, hoteleiro, Nadine Guéniou, ceramista e Paolo Sametti, com experiência em acolhimento a peregrinos, moderados por Gonçalo Cardoso,  partilharam testemunhos e perspetivas sobre a realidade turística de Fátima e o seu papel no turismo português.