29/12/14



18/12/14

MUSEU DA PRESIDÊNCIA INAUGURA EXPOSIÇÃO DE PRESÉPIOS NO MASE!


O Museu da Presidência da República tem patente a partir de 19 de dezembro no Museu de Arte Sacra e Etnologia a exposição temporária “Contemplar a Glória – Representação da Natividade na Arte Contemporânea”.
 
A mostra integra cerca de 40 presépios da coleção de Maria Cavaco Silva, selecionando-se os exemplos mais significativos da arte presepista contemporânea. Trabalhos de conceituados autores que possuem já obras no Santuário de Fátima, como os de Siza Vieira, Cristina Leiria, Clara Menéres, José Aurélio, entre outros, estarão em exposição até ao dia 25 de janeiro de 2015.
Esta iniciativa pretende dar a conhecer aos visitantes a diversidade da representação da Natividade, a partir de um olhar contemporâneo sobre o tema e do gosto informado da colecionadora.
Parceria: Museu da Presidência da República |MASE - Museu de Arte Sacra e Etnologia |LaMASE - Liga dos Amigos do MASE.

 

05/12/14

“Ó Meu Menino Jesus”



Por ocasião das férias de Natal, o Museu de Arte Sacra e Etnologia irá promover de 15 a 19 de dezembro a atividade “Ó Meu Menino Jesus”.   

A iniciativa destina-se a crianças a partir dos 6 aos 12 anos de idade, consistindo em visitas orientadas à Sala dos Presépios e Meninos Jesus” com jogos de descoberta, ateliês de pintura, música e escrita, podendo as crianças apreciar a magnífica coleção de Presépios e Meninos Jesus do Padre Francisco António Rosado Belo, constituída por peças eruditas e populares do século XVI aos nossos dias, procurando-se assim chamar a atenção para o verdadeiro significado do Natal.

O número mínimo para a realização de cada sessão é de 6 participantes, tendo como número máximo 20. Estão previstas duas sessões por cada dia, a primeira pelas 10h00 e a segunda às 14h00, com duração de 90 minutos, aproximadamente. É possível, mediante disponibilidade, agendar outras datas e horários.
 
Marcação prévia através do telefone 249 539 470 ou do e.mail museuartesacra@consolata.pt
 

21/11/14

ESGOTADO - Curso Livre “Como Falar em Público” - FÁTIMA




O MASE irá promover de 5 de janeiro a 16 de fevereiro de 2015 o Curso Livre “Como Falar em Público”.

Destinado a todos os que necessitem de falar em público, que sintam dificuldades ou queiram aperfeiçoar ou avaliar o seu desempenho, este curso pretende transmitir um conjunto de orientações e sugestões que o orador tem que considerar ao fazer uma apresentação perante um público.

O curso será lecionado por Arminda Bandeira, formada pelo Instituto Superior de Matemáticas e Gestão (I.S.M.A.G.) de Lisboa, no curso de Gestão de Recursos Humanos. Pós- Graduada em Gestão de Recursos Humanos pela Lusófona de Leiria. Encontra-se desde 1998 ligada ao processo de ensino-aprendizagem através da formação profissional, do ensino e ainda da Formação. Desde 2007,que está envolvida na Educação e Formação de Adultos e nos processos RVCC e ainda ligada a utilização de soluções de b-learning no ensino e na Formação Pedagógica de Formadores usando a plataforma de LMS, MOODLE. CAP N.º 2495/98
O curso está organizado em sete sessões, a decorrer às segundas-feiras das 18h30 às 20h30 nas instalações do MASE.

A data limite de inscrição é 2 de janeiro, estando limitado apenas a 25 vagas. Informações através do n.º de telefone 249 539 470 ou do e-mail museuartesacra@consolata.pt.
 

10/11/14

«Irmã Lúcia | Primeira peregrina da Cova da Iria» por Irmã Ângela Coelho JANTARES-CONFERÊNCIA DO MASE - FÁTIMA



No próximo dia 20 de novembro, quinta-feira,  o MASE, em parceria com a sua Liga de Amigos,  irá organizar mais um JANTAR-CONFERÊNCIA que decorrerá no Hotel PAX.
 Irmã Lúcia | Primeira peregrina da Cova da Iria” é o título da conferência que a Ir. Ângela Coelho, Vice-postuladora  da Causa de beatificação da Irmã Lúcia, irá proferir.
O evento terá início às 19h45 com o acolhimento, o jantar às 20h00, seguindo-se depois a conferência. 

O valor por pessoa é €20.00 e para sócios da LaMASE (Liga dos Amigos do MASE) e assinantes da Revista Fátima Missionária é  €18.00 (Jantar e conferência).  

Reservas ONLINE ENCERRADAS.

Informações através do telefone 249 539 470.


*****

Sinopse:
A irmã Lúcia de Jesus e do Coração Imaculado é uma figura ímpar da Igreja e da história do século XX. Juntamente com os seus primos, os Beatos Francisco e Jacinta Marto, acolheu as aparições do Anjo da Paz e de Nossa Senhora do Rosário, em 1916-1917, deixando-se converter por esta experiência inefável.

Após a morte prematura dos primos, assumiu a responsabilidade de transmitir à Igreja e ao mundo a mensagem da «Senhora mais brilhante do que o sol». Ao serviço dessa mensagem, contactou com a suprema hierarquia da Igreja e com múltiplas personalidades da sociedade e da política.
Foi uma profícua escritora, religiosa fiel aos seus compromissos, profeta incansável do Coração Imaculado de Maria no anúncio da paz.
É a plurifacetada personalidade desta mulher, que marcou a história da Igreja, que iremos procurar abordar, ainda que brevemente.
Síntese biográfica da conferencista
Ângela de Fátima Coelho é religiosa da Aliança de Santa Maria.
Em  2009 foi nomeada Vice-postuladora das Causas de canonização dos Beatos Francisco e Jacinta Marto e desde 2012 é Postuladora Romana para as referidas Causas.
Em setembro de 2014 foi nomeada Vice-postuladora  da Causa de beatificação da Irmã Lúcia.
É médica e exerce no Centro Hospitalar de Leiria-Pombal e na Unidade de Cuidados Continuados da Batalha.
É licenciada em ciências religiosas pela Pontifícia Universidade de Comillas – Madrid.
 

 

15/10/14

DIA NACIONAL dos BENS CULTURAIS da IGREJA!



 

Para assinalar o Dia Nacional dos Bens Culturais da Igreja, 18 de outubro, sábado, o MASE irá oferecer aos seus visitantes várias lembranças.
 
VISITE-NOS!

13/10/14

Recital poético-musical | 25 de outubro



No âmbito da exposição coletiva de pintura «InquietArte», patente ao público no MASE, o Movimento Inquietação organizará no dia 25 de outubro, sábado, pelas 21h30, um Recital poético-musical.

Na sala de exposições, Cláudio Silva e Vânia Silva declamarão poemas entre diversos momentos musicais a cargo dos músicos Miguel Camponez, Cristiano Rocha e Sara Pedro.

A mostra apresenta 25 trabalhos de 13 artistas da área de Fátima, apresentando diferentes técnicas e estilos.

Entrada livre

10/10/14

Curso Livre “Representações da enfermidade e da morte na arte e na cultura cristã”.



O Museu de Arte Sacra e Etnologia irá promover de 4 a 25 de novembro o Curso Livre “Representações da enfermidade e da morte na arte e na cultura cristã. 

Embora pareçam afastados do quotidiano da atual vivência humana, os temas da doença e da morte persistem na cultura contemporânea, que os herda de tempos imemoriais e os interpreta, porventura, de forma velada.  

No mês que a cultura cristã associa ao sufrágio dos defuntos, o curso pretende ser uma viagem cultural, assente sobretudo nos testemunhos histórico-artísticos, por esses temas tão importantes que, inexoravelmente, habitam o pensamento humano; por outras palavras, que a sabedoria popular fixou: «a hora é incerta, mas a morte é certa».  

Lecionado por Marco Daniel Duarte, doutorado em História da Arte pela Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra, tem desenvolvido os seus estudos no âmbito do saber da Iconografia e da Iconologia, áreas sobremodo ligadas à arte sacra antiga e contemporânea.  

É atualmente diretor do Serviço de Estudos e Difusão do Santuário de Fátima, onde dirige o Museu da Instituição, e do Departamento do Património Cultural da Diocese de Leiria-Fátima.  

O curso está organizado em quatro sessões, a decorrer às terças-feiras das 18h30 às 20h00 nas instalações do MASE.

Este curso encontra-se aberto a todos os que se interessam por esta área, independentemente da sua formação profissional. 

A data limite de inscrição é 30 de outubro, estando limitado a 30 vagas.

Informações através do n.º de telefone 249 539 470 ou do e-mail museuartesacra@consolata.pt.
 
Desdobrável do Curso clique AQUI
 
Inscrições online clique AQUI

 

09/10/14

PREPARAR O DIA DE TODOS OS SANTOS ATRAVÉS DO PATRIMÓNIO CULTURAL – jornada de apresentação das atividades do Departamento do Património Cultural da diocese de Leiria-Fátima para o ano pastoral de 2014-2015


O Departamento do Património Cultural da diocese de Leiria-Fátima irá promover no dia 25 de outubro, sábado, a partir das 15h00, em Fátima, no Museu de Arte Sacra e Etnologia, uma jornada de apresentação de atividades sob o título “Preparar o Dia de Todos os Santos através do Património Cultural”.

Num tempo em que o dia de Todos os Santos deixou de estar presente nas datas em que oficialmente se faz uma pausa no trabalho, o Departamento do Património Cultural da Diocese de Leiria-Fátima leva a efeito uma ação de formação acerca da importância desta celebração, propondo que se faça uma leitura do tema a partir dos testemunhos culturais, designadamente da forma de representar os santos no património material e no património imaterial.
 
Assim, Marco Daniel Duarte, diretor do Departamento do Património Cultural da Diocese de Leiria-Fátima apresentará a conferência: “Os santos e os seus atributos. Olhar, ver e interpretar”, seguindo-se depois a apresentação da publicação “Pedra e Mistério: comunhão ao serviço da fé” a cargo de Fátima Eusébio, coordenadora do Departamento dos Bens Culturais da Diocese de Viseu, e das coordenadoras da publicação, Cristina Vouga, Inês Borges, Susete Rodrigues e Vera Magalhães.

Sónia Vazão, do Departamento do Património Cultural da Diocese de Leiria-Fátima, concluirá a jornada com a apresentação do calendário de ações previstas deste departamento para o ano pastoral de 2014-2015.

A entrada é livre, mas condicionada ao número de lugares da sala. Os participantes terão um certificado de presença.

23/09/14

«TURISMO RELIGIOSO: Aposta ou Preconceito?» JANTAR- CONFERÊNCIA



Depois do êxito da primeira edição dos JANTARES-CONFERÊNCIA DO MASE, no próximo dia 10 de outubro, sexta-feira, o MASE, em parceria com a sua Liga de Amigos,  irá retomar este evento que decorrerá no Hotel PAX.

«TURISMO RELIGIOSO: Aposta ou Preconceito?»  é o título da conferência que Carina João Oliveira, Deputada à Assembleia da República | 12.ª Legislatura, irá proferir.

O evento terá início às 19h45 com o acolhimento, o jantar às 20h00, seguindo-se depois a conferência. 

O valor por pessoa é de €20.00 e para sócios da LaMASE (Liga dos Amigos do MASE) e assinantes da Revista Fátima Missionária é de €18.00 (Jantar e conferência).  

Informações: Tel. 249 539 470
 
Reservas até ao dia 7 de outubro.
 
«TURISMO RELIGIOSO: Aposta ou Preconceito?» 

Sinopse: A última revisão do Plano Estratégico Nacional do Turismo introduziu pela primeira vez o Turismo Religioso como um dos seus 10 produtos a valorizar como marca nacional. Tema sempre conturbado na esfera política, pelas implicações que há de falar de religião na política, ainda assim ganhou terreno a par com produtos como o turismo de saúde, de natureza e cultural. A aposta será ganha ou o preconceito existe? Na primeira pessoa, Carina João Oliveira traz-nos o testemunho de quem viveu os bastidores políticos neste processo.
 ****
 
Carina João Oliveira, nascida em 22 de julho de 1977, é membro do Parlamento português, eleita pelo círculo eleitoral de Santarém, pelo partido social democrata. Formada em Engenharia Civil pela Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra, teve o seu inicio escolar em Fátima, passado pelo Colégio do Sagrado Coração de Maria e pelo Centro de Estudos de Fátima.
É membro da Comissão de Economia e Obras Públicas, onde coordena o Grupo de Trabalho de Segurança Rodoviária. É também membro efetivo da Comissão de Negócios Estrangeiros e Comunidades Portuguesas. Conta com participações no Fórum Inter Parlamentar Ibero-Americano, é presidente do Grupo de Amizade de Portugal-Argélia e Portugal-Taiwan grupo informal. Foi a coordenadora da área  Logística e Transportes no Parlamento do Programa Parlamento-Empresas do FAE (Fórum de Administradores de Empresas), sobre o qual foi editado um livro lançado no passado dia 26 de Setembro em Lisboa.
Foi agraciada com a medalha de Mérito em Taiwan Abril 2014, pelo Ministro dos Negócios Estrangeiros daquele país, pelos excecionais serviços prestados à frente do grupo de Amizade.
Em 2013 recebeu o prémio Mobilidade Urbana, pelas alterações promovidas ao Código da Estrada, pelas mãos da Federação Portuguesa de Cicloturismo e Utilizadores de Bicicleta.
Em 2012 foi considerada Personalidade Política feminina do ano, pelo jornal O Mirante.
Muitas participações pró-vida, tanto na carreira política e na vida privada, como é exemplo a última petição europeia "One of Us", em que foi madrinha política da iniciativa no parlamento a par de Ribeiro e Castro do CDS.PP.
Na revisão do PENT, foi interveniente na audição à então Secretária de Estado do Turismo onde questionou de forma muito dura a primeira revisão do plano e proposta, em que o turismo religioso era desconsiderado dos 10 produtos estratégicos, tendo liderado os requerimentos ao Governo que se seguiram e dado entrada de uma proposta de alteração através de um Projeto de Resolução, que veio a culminar com o reconhecimento do Turismo Religioso na versão final do documento. Foi recentemente uma das deputadas subscritoras da criação do Dia Nacional do Peregrino.

 

Exposição coletiva de pintura «InquietArte»


Encontra-se patente ao público no MASE a exposição coletiva de pintura «InquietArte».

A mostra apresenta 25 trabalhos de 13 artistas da área de Fátima, apresentando diferentes técnicas e estilos.

Organizada pelo movimento “Inquietação”, procura-se com esta exposição responder às questões: “- O que significa a arte para o artista e para o observador? - Qual o seu papel como experiência individual ou coletiva? - De que forma podemos mostrar aquilo que nos inquieta através da arte?”

InquietAção é um movimento de jovens empenhados em participar na construção de um mundo melhor. Para isso, promovem a curiosidade e o espírito crítico, procurando inquietar aqueles que, como eles, acreditam que um mundo melhor é possível. A sua ação rege-se por ideais democráticos, de liberdade, de igualdade, fraternidade, partilha e união. Fundado, simbolicamente, a 5 de outubro de 2012, o Movimento InquietAção está sediado em Fátima e encontra-se ligado aos Missionários da Consolata.

A exposição estará patente de terça a domingo até 16 de novembro.

(setembro - outubro:10h00-19h00; novembro: 10h00-17h00)

03/09/14

«Na Terra dos Sonhos» TEATRO


No sábado, dia 13 de setembro, pelas 22h00, o MASE organizará pela segunda vez, na Esplanada Missionária da Consolata, em Fátima, uma noite dedicada ao teatro.

Assim, o Grupo de Teatro Apollo do Centro Cultural e Recreativo de Peras Ruivas (Ourém) apresentará a peça «Na Terra dos Sonhos» que foi galardoada no Festival de Proença a Nova, em dezembro de 2011, com os prémios de Melhor Espetáculo, Melhor Atriz e Melhor Ator.     

O texto conta a história do Servente Hipólito que decide destruir o edifício do teatro, onde trabalham Chícharo e Pé Carriço, para construir um restaurante, “um bom restaurante!”. Para o Servente, os “teatros estão sempre vazios, não alimentam a barriga nem os bolsos de ninguém, ao contrário do que se passa com os restaurantes, que estão sempre cheios!”. Determinados a impedir a destruição, Chícharo e Pé Carriço convencem o Servente Hipólito a entrar no mundo do teatro, bastando para isso que utilize a imaginação. Tudo para fazê-lo acreditar que o teatro é um lugar mágico onde se pode sonhar.

“Na Terra dos Sonhos podes ser quem tu és, ninguém te leva a mal”…

A entrada é livre. Se as condições meteorológicas não o permitirem, o teatro realizar-se-á em espaço fechado próximo.   
*************************************************************************************************************************
PRODUÇÃO:
Grupo de Teatro Apollo

Peça estreada a 18 de Maio de 2007

TEXTO
António Clemente

António Craveiro
Luís Tomás
João Mourão

ENCENAÇÃO
Dora Conde


MÚSICA
Letra e Música – “As Marionetas” “O Pirata”: Originais de José António Santos

Arranjo musical Pedreiros Stomp: José António Santos

ADEREÇOS/GUARDA ROUPA

Cristina Ferreira; Tatiana Pedro; Nuno Santos; Sónia Costa, José Quartau, Dora Conde;

LUZES/SOM

Nuno Santos

INTERPRETAÇÃO
Servente: Paulo Santos

Chicharo: Sónia Costa/Tatiana Pedro
Pé Carriço: Dora Conde/Luís Costa
Julieta: Sónia Costa/Tatiana Pedro
Romeu: Dora Conde/Luís Costa
Pirata: Luís Costa
Brisa: Cristina Ferreira/Sónia Santos
Lunático: Cristina Ferreira
Rambo: Mário Martins/José Quartau
Acelera: Luís Costa/Nuno Santos
Polícia Paulada: Mário Martins
Totó: Dora Conde/Luís Costa
Bruxa Rabucha: Cristina Ferreira/Sónia Santos
Diabo Inho: Sónia Costa/Tatiana Pedro
Fada Tia: Selma Preciosa
Hospedeira: Selma Preciosa

29/08/14

“Danças do Mundo ao Luar” - sábado dia 6 de setembro



No sábado dia 6 de setembro, pelas 21h30, o MASE irá organizar na Esplanada Missionária mais uma edição das bem sucedidas “Danças do Mundo ao Luar”. 

Duas alunas do Curso de Desporto e Bem-Estar do IPL – Instituto Politécnico de Leiria, Sara Pereira e Stephanie Santos, irão instruir os participantes com danças tradicionais de diferentes épocas, oriundas sobretudo da europa, mas também de outras partes do globo. A participação é livre. 

Se as condições meteorológicas não o permitirem, as danças realizar-se-ão num espaço coberto próximo.  

 

25/08/14

À conversa com... António Cotrim


O fotojornalista da Agência Lusa, António Cotrim, estará em Fátima no dia 26 de agosto, terça-feira, pelas 21h30, para conversar sobre Timor. O encontro realizar-se-á no MASE onde está patente a exposição temporária de fotografia de António Cotrim intitulada “Rostos de Timor”.

A mostra de 24 fotografias é para o autor “uma singela homenagem aos homens e mulheres de Timor que sofreram, lutaram e morreram pela liberdade e independência de uma terra que amavam e à qual queriam chamar “o meu país”.

Estes são os rostos de um povo (Baucau e Díli) que nunca desistiu, nunca se resignou e, acima de tudo, nunca esqueceu a sua língua, a sua cultura ancestral, a sua identidade. Após 24 anos de ocupação pela vizinha Indonésia, Timor – Leste tornou-se independente em setembro de 2002.

Este grito de liberdade ficou, para sempre, escrito na História com sangue e com lágrimas, derramadas ao mesmo tempo que se entoava uma oração num cemitério, um lugar sagrado que as armas tentaram calar e não souberam respeitar. No local onde se honravam os mortos, começou o fim do sofrimento daqueles que, corajosamente, mostraram ao Mundo que se mantinham vivos”.

A participação é livre.

A exposição estará patente apenas até ao dia 31 de agosto das 10h00 às 19h00.

31/07/14

“DANÇAS (DO MUNDO) AO LUAR”


A Esplanada Missionária ,dos Missionários da Consolata em Fátima, irá receber no sábado, dia 9 de agosto, pelas 21h30, mais uma edição das bem-sucedidas DANÇAS (DO MUNDO) AO LUAR”.

Duas alunas do Curso de Desporto e Bem-Estar do IPL – Instituto Politécnico de Leiria, Sara Pereira e Stephanie Santos, irão instruir os participantes com danças tradicionais de diferentes épocas, oriundas sobretudo da europa, mas também de outras partes do globo.
Entrada livre.

CONTAMOS COM A SUA PRESENÇA!

Teatro na Esplanada Missionária



Sexta-feira, dia 8 de agosto, na Esplanada Missionária, dos Missionários da Consolata em Fátima,  pelas 22h00, o grupo de teatro do Grupo Cultural e Desportivo de Seiça irá apresentar a peça «O SOLDADO RASO».
 
É um retrato realista dos efeitos da guerra do Vietname nas famílias americanas. Enquanto nos EUA os familiares lutam pela dor, o soldado depara-se com as bravuras de uma guerra com um fim imprevisível… 

Entrada livre. 

CONTAMOS COM A SUA PRESENÇA!
 

17/07/14

DIA DOS AVÓS - 26 de julho


O MASE irá promover diversas atividades para avós e netos que visitem juntos o Museu no dia 26 de julho, sábado, no âmbito das comemorações do “Dia dos Avós”, procurando-se com este projeto aproximar avós e netos através de uma visita diferente e agradável ao Museu.

Assim, os avós e netos que visitarem juntos o MASE, poderão a partir das 14h30 assistir à visualização de um filme animado sobre a história de Santa Ana e S. Joaquim (avós de Jesus Cristo), visitar o museu de forma interativa, realizar um trabalho nas Oficinas de Pintura e às 16h30 assistir à atuação do Rancho Infantil da Casa do Povo de Fátima na Esplanada Missionária.

Às instituições sociais que se dedicam à 3.ª Idade é lançada esta proposta na tentativa dos diversos utentes trazerem consigo os seus netos a estas comemorações. Às instituições destinadas às crianças procurar-se-á que estas tragam consigo os respetivos avós.

Será certamente um momento diferente e uma forma de convívio entre avós e netos.

07/07/14

Esplanada Viva - «DANÇAS (do mundo) ao LUAR!



Depois do grande sucesso na Noite dos Museus das “Danças (do Mundo) ao Luar”, realizadas no MASE em maio passado, esta iniciativa irá repetir-se nos sábados 19 de julho, 9 de agosto e 6 de setembro na Esplanada Missionária da Consolata.
 
Duas alunas do Curso de Desporto e Bem-Estar do IPL – Instituto Politécnico de Leiria, Sara Pereira e Stephanie Santos, irão instruir os participantes com danças tradicionais de diferentes épocas, oriundas sobretudo da europa, mas também de outras partes do globo. A participação é livre.

Esta é uma das atividades previstas para animar as noites de Verão de Fátima no complexo da Consolata, no âmbito da “Esplanada Viva”, uma esplanada missionária recentemente aberta que tem à disposição os já famosos gelados italianos de fabrico artesanal.

02/07/14

“Rostos de Timor”- Fotografia de António Cotrim


No dia 12 de julho, sábado, abrirá ao público no MASE  a exposição temporária de fotografia de António Cotrim intitulada “Rostos de Timor”.
A mostra de 24 fotografias é para o autor “uma singela homenagem aos homens e mulheres de Timor que sofreram, lutaram e morreram pela liberdade e independência de uma terra que amavam e à qual queriam chamar “o meu país”.
Estes são os rostos de um povo (Baucau e Díli) que nunca desistiu, nunca se resignou e, acima de tudo, nunca esqueceu a sua língua, a sua cultura ancestral, a sua identidade. Após 24 anos de ocupação pela vizinha Indonésia, Timor – Leste tornou-se independente em setembro de 2002.
Este grito de liberdade ficou, para sempre, escrito na História com sangue e com lágrimas, derramadas ao mesmo tempo que se entoava uma oração num cemitério, um lugar sagrado que as armas tentaram calar e não souberam respeitar. No local onde se honravam os mortos, começou o fim do sofrimento daqueles que, corajosamente, mostraram ao Mundo que se mantinham vivos”.
A exposição estará patente até ao dia 31 de agosto das 10h00 às 19h00, encerrando às segundas-fe
 
 
 
ANTÓNIO COTRIM
Natural de Lisboa, António Cotrim desde cedo começou a trabalhar na área da comunicação social: Lusitânia, ANOP, Notícias de Portugal e Lusa, onde trabalha atualmente. “Tal & Qual” e “O Record” foram dois dos jornais com os quais colaborou.
Ao longo da carreira, tem registado com a sua objetiva momentos únicos ocorridos tanto em Portugal como no mundo, nas diferentes missões de reportagem que integrou. Um trabalho que se mundializa quotidianamente. 
António Cotrim assume de forma carismática a fotografia como “projeto de vida” e daí a minuciosidade e precisão que reflete cada expressão registada, cada instante registado. Uma das suas características como fotógrafo é dar respostas pedagógicas sob a forma de retrato, o que é notável nesta exposição de “Momentos”, pela capacidade com que cada imagem nos sensibiliza.
O seu talento e trabalho são reconhecidos com a publicação de fotografias em inúmeros livros, folhetos, catálogos e postais, sem contar com as variadíssimas edições em jornais e revistas, tanto nacionais como internacionais.
Entre as distinções recebidas constam as menções honrosas do Clube Português de Imprensa, na categoria de fotorreportagem, em 2001, e do Prémio Europeu de Fotografia Fujifilm, na categoria de desporto, em 2004.
Em 2010, António Cotrim integrou o grupo de jurados do Concurso Internacional de Fotografia de Ferreira do Zêzere.
2011 - Centro Nacional de Cultura, em Lisboa
2012 - Câmara Municipal de Lisboa / Biblioteca por Timor
2012 - Galeria do Café de Santa Cruz, em Coimbra
2013 - Câmara Municipal de Vila N. Gaia/ Teatro Eduardo Brazão
2013 -Participa na IV Bienal de Culturas Lusófonas/ Câmara Municipal de Odivelas
2013 - Paços do Município de Oliveira do Hospital
2014 – Biblioteca S. Sebastião – Portalegre
2014 – Sala de Exposições dos Paços do Concelho de Ourém
2014 - Centro Cultural da Malaposta

 

18/06/14

Nestas férias vou ao MASE!


Por ocasião das férias escolares, o MASE tem à disposição das crianças dos 6 aos 12 anos, várias atividades.

Para pequenos grupos com o número mínimo de 5 participantes, durante duas horas, as crianças poderão assistir a teatro de fantoches, visitar o Museu, participar em jogos de descoberta, em oficinas de pintura e conhecer os bastidores do MASE (Reservas, Biblioteca, Sala de Restauro).  

O valor por criança é €3.00 e inclui a oferta de um gelado de fabrico italiano na Esplanada Missionária da Consolata. 

Informações e inscrições: e.mail – museuartesacra@consolata.pt; tel. 249 539 470


26/05/14

“Dia Mundial da Criança” no MASE!


 

O MASE irá promover diversas iniciativas no âmbito das comemorações do “Dia Mundial da Criança” no próximo domingo, dia 1 de junho. 

As atividades decorrerão a partir das 15h00, na “Esplanada Missionária da Consolata”, onde estarão ao dispor das crianças “Oficinas de Pinturas Faciais” realizadas a partir de fotografias de povos autores dalgumas coleções etnográficas do MASE oriundas dos diversos continentes e “Oficinas de pintura criativa em papel” a partir do tema «Se fosse em Missão pelo mundo queria estar com o povo…».  

Já pelas 16h00, abrirá a oficina de “Danças Tradicionais do Mundo” onde as crianças poderão aprender coreografias de várias danças, instruídas pelas alunas do curso de Desporto e Bem Estar do Instituto Politécnico de Leiria.
 
A participação é livre.

09/05/14

Dia Internacional dos Museus 18 DE MAIO




No âmbito das comemorações do Dia Internacional dos Museus e sob o tema “Museus: as coleções criam conexões”, o MASE propõe VISITAS GUIADAS “NO STOP” de hora a hora das 10h00 às 18h00.

“Há MASE e MASE, há ir e voltar! “ é o lema que se relaciona com a oferta a todos os visitantes do Cartão de Desconto de 20% de entrada no Museu para uma próxima visita, sem prazo de validade. Ao longo do ano há sempre um bom motivo para regressar: Exposições temporárias, concertos, animações, conferências, cursos, etc.

DANÇAS (DO MUNDO) AO LUAR


  10.ª edição europeia da “Noite dos Museus”

No sábado dia 17, o MASE irá juntar-se a centenas de espaços museológicos da Europa que estarão abertos à noite com várias atividades.
 
O MASE estará aberto até às 0h00 dedicando as suas iniciativas à Dança. Assim, a partir das 21h00, o pátio interior do MASE receberá o evento «Danças (do mundo) ao Luar».
 
Alunos do Curso de Desporto e Bem-Estar do IPL – Instituto Politécnico de Leiria irão instruir os participantes com danças de diferentes épocas e partes do mundo, aliando as sonoridades às várias temáticas deste museu missionário com um acervo proveniente de diversos continentes.
 
Este evento culminará com uma dança percorrendo todas as salas da exposição do museu.
 
É um programa de entrada é livre e destinado a crianças e graúdos.

02/05/14

CANCELADO «Ecologia e Espiritualidade Yanomami» - Davi Kopenawa | JANTARES-CONFERÊNCIA DO MASE


Vimos, por este meio, informar que em virtude de terem surgido conflitos na Amazónia que implicam a presença indispensável de DAVID KOPENAWA junto do seu povo,  a viagem programada a Portugal  foi cancelada, pelo que o Jantar-Conferência do MASE agendado para o dia 16 de maio será adiado.


Pedimos desculpa pelo incómodo causado, aguardando uma próxima oportunidade para a vinda do líder indígena brasileiro mais respeitado a nível internacional.
Agradecemos a melhor compreensão!


*****
No dia 16 de maio, sexta-feira, o MASE irá realizar  o seu terceiro Jantar-Conferência que decorrerá no Hotel PAX 
 
«Ecologia e Espiritualidade Yanomami»  é o título da conferência que Davi Kopenawa, o líder indígena brasileiro mais respeitado a nível internacional, irá proferir. A visita resulta do convite efetuado pelos Missionários da Consolata para vir a Portugal falar de ecologia e espiritualidade, tendo conferências marcadas para Lisboa, Vila Real, Braga, Porto e Fátima. 
 
O evento terá início às 19h45 com o acolhimento, o jantar às 20h00, seguindo-se depois a conferência. 

O valor por pessoa é de €20.00. Para sócios da LaMASE (Liga dos Amigos do MASE) e assinantes da Revista Fátima Missionária é de €18.00 (Jantar e conferência).  

Reservas até ao dia 14 de maio.
 
RESERVA ONLINE CLIQUE AQUI

 
Sinopse

«O que tenho a dizer é muito importante, não só para os índios ou para os portugueses, mas para todos. A espiritualidade é das montanhas, das serras, da floresta; aí vivem espíritos que o meu povo conhece há muito tempo e que chama para cuidar da saúde. É assim que eu entendo e o que posso explicar. O espírito ajuda a curar, a espantar maldades. Ajuda a curar uma pessoa e também o mundo, quando está querendo deitar lágrimas. Quando chove muito, nós, pajés [curandeiros], chamamos o espírito da montanha, para que ele possa acalmar o mundo. Isso acontece quando o mundo está revoltado com a ameaça e a destruição. O que nós conhecemos é muito importante para que as pessoas possam entender e ter respeito pela terra. Nós, Yanomami, sabemos cuidar dela. Somos diferentes. » David Kopenawa

(in FÁTIMA MISSIONÁRIA, n.º 5 Maio 2014 p. 14)  

Davi Kopenawa vive na região da Serra do Demini, onde nasceu, no estado de Roraima (Brasil), perto da fronteira com a Venezuela. Viu morrerem pai, avós, tios e praticamente toda a família de doenças contraídas após o contacto com não indígenas. Foi o principal responsável pela demarcação da terra Yanomami, que ocupa uma área maior do que Portugal e foi oficializada por Fernando Collor de Melo, em 1992. Já discursou nas Nações Unidas e em vários fóruns internacionais. Em 1988, recebeu o prémio Global 500 Award da ONU e no ano seguinte foi distinguido com o Right Livelihood Award, considerado o prémio Nobel alternativo. O seu empenho na luta pela defesa do meio ambiente e dos povos indígenas valeu-lhe a alcunha de “Dalai Lama” da floresta.

14/04/14

Encerramento da Exposição “MARIA, DISCÍPULA MISSIONÁRIA” adiado para domingo dia 6 de julho!



Exposição “MARIA, DISCÍPULA MISSIONÁRIA” da pintora brasileira Mari Bueno. 
A artista plástica Mari Bueno é formada em Arte Sacra e Espaço Litúrgico Celebrativo pelo ITESC (Instituto de Teologia de Santa Catarina- BRASIL) e apresentará 31 obras, na técnica óleo sobre tela, retratando a vida de Maria, da Anunciação à Coroação de Nossa Senhora como Rainha do Céu e da Terra, mas sobretudo as aparições de Nossa Senhora em dezoito países, retratando as suas diversas culturas.

Pretende-se, com esta exposição, valorizar a inculturação da fé através da arte, apresentando ao público as expressões e valores de cada cultura visitada por Maria em diferentes países, valorizando-se os costumes locais como um caminho para a vida cristã e seguindo o exemplo de Maria que visita a todos sem preconceito ou distinção, deixando o exemplo de discípula missionária para ser seguido por todos.

Este tema vem também ao encontro dos objetivos do MASE, um museu missionário, que reúne uma vasta coleção de elevadíssimo interesse artístico e cultural através das suas coleções de Arte Sacra, que apresentam os diferentes passos da vida de Cristo e de Etnologia relacionados aos mais longínquos locais da Missão, onde o visitante se surpreende com as peças da cultura artística cristã de povos e culturas de todo o mundo.

A exposição poderá ser visitada das 10h00 às 19h00.

Mari Bueno
A artista plástica Mari Bueno reside em Sinop há 34 anos. Os seus trabalhos são a expressão das características amazónicas e da inculturação na Arte Sacra. Realizou exposições e foi premiada no Brasil e em outros países, sendo 19 premiações no estrangeiro: Itália, França, Alemanha, Suiça, Inglaterra, EUA, Portugal e Egito. Participou também em três exposições no Museu do Louvre em Paris onde ganhou um menção honrosa pelas suas obras. Em 2012 foi convidada para uma exposição no Museu de Arte em Siena, em Itália, onde era a única brasileira entre 140 artistas de 40 países. No ano de 2013 participou em duas Bienais na Europa, na Bienal de Londres, onde ganhou menção especial pela sua participação e na Bienal de Siena. Especialista em Arte Sacra e Espaço Litúrgico Celebrativo realizou várias pinturas em Igrejas, entre elas a obra de 480m² dentro da Catedral do Sagrado Coração de Jesus de Sinop.


Galeria/Atelie de Arte Mari Bueno

Rua das Pitangueiras, 1258

Sinop – MT 66 3531 3939


07/04/14

«O Segredo de Fátima – uma abordagem histórico-cultural » 1.º Jantar-Conferência do MASE


Assista à reportagem exclusiva da TV FÁTIMA sobre o 1º Jantar-Conferência do MASE «O Segredo de Fátima – uma abordagem histórico-cultural » - Marco Daniel Duarte.

«O CULTO DAS IMAGENS – Conservação, restauro, e algumas perversões» JANTAR- CONFERÊNCIA


No dia 29 de abril, terça-feira, o MASE irá realizar  o seu segundo Jantar-Conferência que decorrerá no Hotel PAX, em Fátima.

«O CULTO DAS IMAGENS – Conservação, restauro, e algumas perversões»  é o título da conferência que a Doutora  Sandra Costa Saldanha, diretora do Secretariado Nacional para os Bens Culturais da Igreja, irá proferir.

O evento terá início às 19h45 com o acolhimento, o jantar às 20h00, seguindo-se depois a conferência.

O valor por pessoa é de €20.00 e para sócios da LaMASE (Liga dos Amigos do MASE) e assinantes da Revista Fátima Missionária é de €18.00 (Jantar e conferência).
 
Informações: Tel.  249 539 470
 
*****

O culto das imagens
Conservação, restauro, e algumas perversões

Quando por imperativos de conservação as imagens religiosas são intervencionadas, colocam em confronto duas dimensões: sagrada, para veneração dos fiéis; material, para fruição estética. Intimamente ligadas, se é conveniente intervir no estritamente necessário, como meio de prevenção e manutenção futura, é também claro que, aos fiéis, deve ser devolvida uma imagem íntegra. E neste ponto, para lá da destruição material que um mau restauro provoca - aquele que manipula e não respeita autenticidade da obra, promovendo adulterações - ele constitui um atentado à dimensão sagrada da imagem. Mais do que a sua descaracterização e perda do valor patrimonial, uma intervenção danosa perverte o mais profundo sentido da obra de arte religiosa: a sua identidade, comprometendo todo o propósito original para o qual foi concebida.
 
Sandra Costa Saldanha
Directora do Secretariado Nacional para os Bens Culturais da Igreja. Professora convidada na Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra. Membro do Conselho Nacional de Cultura e representante da Conferência Episcopal Portuguesa no Grupo Técnico Coordenador do projecto “Rota das Catedrais”. Doutorada em História - variante História da Arte, pela Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra, é investigadora integrada do Centro de Estudos em Arqueologia, Artes e Ciências do Património das Universidades de Coimbra e Porto.