30/05/16

FESTA DAS ARTES - 2.ª EDIÇÃO




O Complexo dos Missionários da Consolata, em Fátima, será o grande palco para a 2.ª Edição da “FESTA DAS ARTES” que decorrerá no dia 5 DE JUNHO, domingo, entre as 15h00 e as 19h00.

Oito centenas de alunos do Conservatório de Música de Ourém e Fátima das áreas da música, dança e pintura, apresentarão os seus trabalhos artísticos em simultâneo e em diferentes palcos e cenários.

O público escolherá o evento do seu agrado, desde aprender uma dança, observar um pintor em processo criativo, conhecer testemunhos missionários ou assistir a concertos musicais nas três capelas do complexo da Consolata, em auditórios, salas de exposições permanentes do museu e até em locais pouco habituais, como por exemplo, armazéns ou jardins, surpreendendo e agradando os diferentes públicos, independentemente da idade.

Este evento é organizado pelo Consolata Museu |Arte Sacra e Etnologia, Conservatório de Música de Ourém e Fátima e Liga dos Amigos do Museu.

A participação é gratuita.

****

Pertinência do evento

Os Missionários da Consolata têm tido de forma inequívoca um importante papel no desenvolvimento cultural na cidade de Fátima, no concelho de Ourém, bem como nos concelhos vizinhos.

Em 1943 abriram em Fátima o seu primeiro seminário, onde várias gerações de jovens ali estudaram, aprenderam e conheceram a causa missionária. Mais tarde, na década de 70, foram sócios fundadores do Centro de Estudos de Fátima (CEF), com outros institutos missionários (Verbo Divino, Monfortinos e Marianos), funcionando este estabelecimento de ensino, nos primeiros anos, no complexo dos Missionários da Consolata.

Através do seu Museu, a celebrar este ano o seu 25.º aniversário, o Instituto Missionário da Consolata permitiu à comunidade local e aos peregrinos de Fátima o acesso privilegiado a um notável património artístico religioso e etnográfico de várias partes do mundo. Inúmeras iniciativas culturais foram desenvolvidas por este espaço museológico, como exposições temporárias, concertos, cursos-livres, conferências, publicações, parcerias, etc, contribuindo para que fosse premiado em 2011 pela APOM – Associação Portuguesa de Museologia como “O Melhor Serviço de Extensão Cultural” e em 2012 com o prémio “ Melhor Edição Turística” com o seu Roteiro/Catálogo.

Foi também selecionado pelo Município de Ourém para ser certificado pelo Herity International, junto do Castelo de Ourém, ficando este bem classificado entre outros espaços certificados nos Municípios do Médio Tejo. É também o único Museu em Fátima integrado na Rede Portuguesa de Museus, sendo, portanto, o único museu credenciado pelos serviços estatais.

As lojas de artigos religiosos e paramentaria dos Missionários da Consolata, ao longo dos anos têm primado pela absoluta qualidade, sendo essa uma das suas marcas de prestígio. Também nos espaços arquitetónicos edificados, surgem peculiares cuidados estéticos e construtivos, sendo estes referenciados em publicações como dos mais interessantes espaços existentes na Cova de Iria, mais particularmente, as capelas do Centro Missionário Allamano e do Hotel Pax. Também a encomenda de obras artísticas a criadores conceituados tem sido comum, como por exemplo, o Cristo da Capela do Consolata Hotel (Ex Hotel Pax) de autoria do escultor Soares Branco.

Ligada intimamente à identidade da Consolata, está portanto, indiscutivelmente, a sua vocação cultural e de conhecimento, além da identidade religiosa, missionária e evangelizadora.

0 comentários: